“Se ela quer brigar, ganhou um inimigo de peso”, afirma Policarpo sobre secretária Fátima Mrué

Câmara convocou titular da Saúde para prestar esclarecimentos sobre falta de médicos nos Cais, mas ela teria respondido com descaso

Foto: Larissa Quixabeira / Jornal Opção

O presidente da Câmara, Romário Policarpo (Pros), leu o ofício enviado pela secretária municipal de Saúde, Fátima Mrué, em resposta ao requerimento para que compareça à Câmara Municipal de Goiânia para prestar esclarecimentos sobre a falta de médicos, em especial pediatras, nas unidades de saúde da capital.

“Se ela quer brigar, ganhou um inimigo de peso”, afirmou Policarpo ao ler o documento em que Fátima determina o dia e horário para ir à Casa. No ofício, ela afirma que entrou em contato com o cerimonial da Câmara para informar que pode ir ao local no dia 1º de abril, na parte da manhã.

O vereador Lucas Kitão (PSL) fez coro à indignação de Policarpo e disse que além da falta de respeito de Mrué com a Casa, também existe o desrespeito ao cidadão. “Antes tínhamos falta de médicos pediatras a partir de quinta-feira à noite, agora não temos nem de segunda à quinta. Quanto mais a gente pressiona, pior fica o serviço”, afirmou.

“Vamos insistir no diálogo, mas se ela não quiser vir ‘na paz’ não podemos descartar uma chamada coercitiva para que a secretária preste esclarecimentos não só à Câmara mas, principalmente, ao cidadão goianiense”, disse Kitão em tom de indignação.

Veja o documento na íntegra:

Foto: Reprodução

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.