Santa Casa busca contratar novos profissionais para adequar atendimento à demanda

Dezenas de pessoas se aglomeram na porta do hospital nesta segunda feira, 30, na tentativa de marcar consultas, exames e cirurgias

Santa Casa de Misericórdia de Goiânia | Foto: Arquivo / Jornal Opção

Nesta segunda-feira, 30, dezenas de pessoas se aglomeraram na Santa Casa de Misericórdia de Goiânia (SCMG). Elas foram orientadas à comparecer na unidade para marcar consultas, exames e cirurgias, mas o hospital não consegue atender a demanda.

O SCMG informou que a fila é normal e acontece na última segunda-feira do mês, quando é aberto o período de marcação de consultas. Ressaltou ainda que os superintendentes estão buscando a contratação de mais profissionais para diminuir a demanda.

Em nota, a Santa Casa comunicou que em algumas especialidades a demanda de consulta é maior que a oferta, mesmo com a disponibilidade dos profissionais médicos e que os pacientes que não conseguirem agendamento serão avisados de forma imediata quando houver disponibilidade de uma data para consulta.

Leia a nota na íntegra:

“A Santa Casa de Misericórdia informa que toda última segunda-feira do mês são abertas vagas para consulta de várias especialidades que são destinadas a pacientes da instituição que estiveram internados ou que realizaram algum procedimento cirúrgico e também aqueles que fazem acompanhamento ambulatorial.
Em algumas especialidades a demanda de consulta é maior que a oferta mesmo com a disponibilidade dos profissionais médicos da SCMG.
Informamos que os pacientes que não conseguirem agendamento neste momento serão avisados de forma imediata assim que houver disponibilidade de uma data para consulta. Ressaltamos que a Santa Casa de Misericórdia de Goiânia está desenvolvendo estratégias para aumentar a oferta dessas vagas com objetivo de atender a população que necessita dos cuidados do hospital”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.