Saneago será obrigada a instalar dispositivo que elimina ar dos hidrômetros

Empresa tem um ano para se adequar a lei. Aparelho será custeado e instalado pela própria fornecedora de água

Lei obriga instalação de aparelho que elimina ar dos hidrômetros / Foto: Divulgação

O projeto de lei 251/2017, de autoria do vereador Lucas Kitão (PSL), foi votado e aprovado em segunda e última votação na Câmara dos Vereadores de Goiânia, nesta quinta-feira, 13. A matéria obriga a prestadora de fornecimento de água na capital instalar um dispositivo capaz de eliminar ar do sistema de medição do consumo de todos os consumidores. Agora, o projeto será encaminhado ao Paço para receber assinatura do prefeito Iris Rezende (MDB).

Após sancionada, empresa terá um ano para instalar todos os aparelhos nos hidrômetros. As despesas com a compra dos dispositivos e instalação é de responsabilidade da fornecedora de água tratada.

Para Kitão, os consumidores “são vítimas da cobrança indevida em suas contas porque os hidrômetros registram a passagem de água e ar indistintamente, gerando ônus impróprio”, disse o vereador. “Ou seja, ela paga não pela água consumida mas também pelo ar. Isso ocorre porque o sistema é acionado por meio de redes pressurizadas de bombeamento, que geram bolsões de ar em toda a rede.”

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.