Salário mínimo pode ter novo aumento em 2020

Reajuste aprovado no Congresso está abaixo dos índices de inflação. Constituição prevê aumento suficiente para manutenção do poder de compra

(Foto: Divulgação/AEN)

O ministro da Economia, Paulo Guedes, deve autorizar um novo aumento do salário mínimo para 2020. Isso se deve ao fato de o aumento aprovado pelo Congresso estar abaixo do valor previsto para os índices de inflação no fim de dezembro. Com isso, o salário que subiu para R$1.039 deve chegar a R$1.045, caso seja ajustado ao Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) de 4,48%, divulgado pelo recentemente pelo IBGE.

Se o reajuste for realizado sobre o salário mínimo anterior de R$998, a remuneração deverá totalizar R$1.043. A questão foi discutida em uma reunião entre secretários que ocorreu nesta segunda-feira, 13, mas que ainda não chegou até Bolsonaro, que deve avaliar inclusive como será operacionalizada, caso aprovada. A Constituição prevê que o salário do trabalhador sofra reajustes periódicos de modo a manter seu poder de compra.

O reajuste do salário mínimo para R$1.045 deverá onerar a União em R$1,5 bilhão, já que benefícios previdenciários, abono salarial, seguro-desemprego e benefícios assistenciais a idosos e deficientes também devem aumentar.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.