Rússia corta comunicação com os EUA e sugere retaliação

Anúncio ocorre um dia após a coalizão liderada por Washington derrubar jato do regime do ditador Bashar al-Assad, na Síria

A Rússia anunciou nesta segunda-feira (19/6) que cessou o canal de comunicação com os Estados Unidos a fim de evitar colisões áreas sobre a Síria, informou o jornal “Folha de São Paulo”. O anúncio ocorre um dia após a coalizão liderada por Washington derrubar um jato do país árabe.

Segundo a publicação, o governo de Moscou também disse que passará a tratar aviões da coalizão que voem a oeste do rio Eufrates como alvos em potencial, sujeitos a serem derrubados.

A deterioração nas relações militares entre os EUA e a Rússia pode agravar ainda mais a situação política na Síria. O avião abatido pela coalizão no último domingo (18) a cerca de 40 quilômetros da cidade de Raqqa pertence ao regime do ditador Bashar al-Assad.

Até então, o último abatimento de aeronave pelos Estados Unidos na região havia sido em 2011, no início da guerra civil na Síria.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.