Rotam prende suspeito de quatro homicídios cometidos com submetralhadora de uso do Exército

suspeito submetralhadora foto mais goias

Ilsom Barbosa Castro Júnior, de 28 anos, suspeito de matar com 30 tiros um detento do semiaberto

submetralhadora foto mais goias ok

Submetralhadora Imbel 9 milímetros, de uso exclusivo do Exército Brasileiro, foi encontrada na mesma casa em que Ilsom | Fotos: Mais Goiás

Denúncia anônima levou policiais militares das Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (Rotam) a prenderem no final da tarde da última quarta-feira (3/9) Ilsom Barbosa Castro Júnior, de 28 anos, suspeito de matar em 17 de agosto deste ano, com 30 tiros, o detento do semiaberto Jhonathan Faria Moreira, de 29 anos. Outras três mortes ocorridas no mês passado são creditadas a ele. Desde meados do mês passado a corporação já vinha procurando o criminoso que estaria com uma submetralhadora.

A arma, uma Imbel 9 milímetros, de uso exclusivo do Exército Brasileiro, foi encontrada na mesma casa em que Ilsom Barbosa estava, localizada no Setor Santa Rita, na capital. A submetralhadora estava com quatro munições.

Segundo o tenente Cortez, além da suspeita de quatro homicídios, Ilsom Barbosa possui várias passagens por tráfico de drogas e roubos. Outras duas mortes creditadas a ele é o duplo-homicídio que vitimou os irmãos Marcos Vinícius da Luz Santana, de 29 anos, e Halan Dionas da Luz Santana, de 25 anos, em 19 de agosto último, no Conjunto Estrela Dalva. Cada vítima recebeu mais de dez tiros. No dia 24 do mês passado Daylisson Barbosa de Oliveira, de 19 anos, foi executado com 15 tiros de submetralhadora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.