Ronaldo Caiado insinua que dinheiro para reemplacamento de veículos em Goiás será utilizado para caixa 2

Segundo o democrata, essa seria a única explicação plausível para a obrigatoriedade, já que o Estado não conta com equipamentos que possam fazer a leitura dos tais chips

Foto: Fernando Leite

Foto: Fernando Leite

O candidato ao Senado pela chapa PMDB-DEM-SDD, Ronaldo Caiado, teceu duras críticas à proposta de reemplacamento e instalação de chips nos veículos motorizados em Goiás e insinuou que os recursos advindos do serviço poderiam ser utilizados para caixa 2 de campanha. Segundo o democrata, essa seria a única explicação plausível para a obrigatoriedade, já que o Estado não conta com equipamentos que possam fazer a leitura dos tais chips.

“Não tem outra finalidade esse emplacamento e a instalação desse chip [além de caixa 2]. Não tem aparelhos para fazer a leitura. Se houvesse todo o sistema preparado e depois fizessem um preço compatível e aceitável, o cidadão até estaria disposto a pagar”, disse.

Ele criticou a estimativa de que os serviços custariam no total R$ 480 milhões para os cidadãos, que iriam para os cofres do Detran. “O preço de mercado não ultrapassa de 50 e 60 reais, com a placa, o chip e a mão de obra”, afirmou, ressaltando que o departamento de trânsito prevê o custo de R$ 170.

“Não entendo onde está o Ministério Público e a Justiça neste momento. Qual a finalidade [do reemplacamento]?”, questionou. “E todo ano tem que voltar lá para pagar o envelopamento da placa, que vai ter código de barras, mas não tem equipamento para leitura”, reforçou.

Questionado se ele realmente acreditava que os recursos advindos do serviço seriam utilizados para caixa 2, Caiado assegurou que sim. “Lógico que vai ser. R$ 170 do bolso do cidadão, e vai para onde esse dinheiro?”

2 respostas para “Ronaldo Caiado insinua que dinheiro para reemplacamento de veículos em Goiás será utilizado para caixa 2”

  1. Mario Borges disse:

    É a primeira vez que vejo uma acusação infundada de Ronaldo Caiado , gostaria de ve-lo falando do caso caixego ou mesmo do banco do estado, ai sim, com provas suficientes.

  2. GILBERTO ALVES OLIVEIRA disse:

    Caro comentarista MARIO BORGES, o Detran-Go não precisa de cobrar R$170,00 de cada cidadão Goiano para trocar as placas de um veículo, ademais, colocar um chip e um código de barras porque, gostaria que na medida do possível você nos informasse qual unidade policial ou posto policial de Goiás, está apto a fazer tal leitura e se possuem o leitor adequado neste período, após a troca de placas de milhares de veículos o furto ou roubo em nossa capital ou no Estado diminuiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.