Rogério Cruz prestigia filiação de Damares e Tarcísio de Freitas ao Republicanos

Além do prefeito de Goiânia, a primeira-dama e os presidentes do Diretório Regional, João Campos, e do Diretório Metropolitano, Pastor Jefferson, foram à Brasília para participar do evento

O prefeito de Goiânia, Rogério Cruz (Republicanos) esteve em Brasília na última segunda-feira, 28, junto com uma comitiva de republicanos goianos para prestigiar a filiação do ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes, e da ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, ao partido. Ambos devem ir às urnas nestas eleições gerais, Damares para o Legislativo Federal, pelo Amapá ou pelo Distrito Federal, e Tarcísio deve concorrer ao governo de São Paulo.  

O evento aconteceu no Centro Internacional de Convenções do Brasil (CICB) com a presença do vice-presidente da República, Hamilton Mourão (Republicanos), a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, os ministros da Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes (PL), da Cidadania, João Roma (PL), do Turismo, Gilson Machado (PSC), e do Trabalho, Onyx Lorenzony (União Brasil).  

Da comitiva goiana estiveram o presidente do Diretório Regional do Republicanos, João Campos, que é pré-candidato a deputado federal; o presidente do Diretório Metropolitano, Pastor Jefferson, pré-candidato a Câmara Federal; e a primeira-dama de Goiânia, Thelma Cruz (Republicanos), que deve concorrer a uma cadeira na Assembleia Legislativa de Goiás (Alego).  

“[A filiação dos dois ministros] reforça os quadros políticos com a chegad de Tarcísio de Freitas e da ministra Damares Alves. Eu e a primeira-dama fizemos questão de participar desta solenidade que é muito importante para o calendário democrático do nosso país em 2022, por isso dou boas-vindas aos nossos correligionários”, comemora Rogério Cruz.

Evento 

Durante a solenidade de filiação os ministros receberam duas camisas com a logo do Republicanos, Damares com uma referência “rosa”, e Tarcísio, que é postulante ao governo paulista, uma camisa com as cores em azul, em referência à frase de Damares Alves durante a sua posse como ministra da Mulher.  

Damares é cotada para concorrer a uma das oito cadeiras disponveis para o estado do Distrito Federal na Câmara dos Deputados, ou para concorrer a única cadeira disponível para o Senado Federal no estado do Amapá. Ela, no entanto, não adiantou a qual pleito deve concorrer. 

“O Republicanos é o partido das crianças com nanismo e da proteção da infância. Esse é o partido da família acolhedora, e que vai lutar para que não tenhamos tantas crianças em orfanatos. É um partido que quer o fim da violência contra a mulher. Vai ser a primeira eleição no Brasil em que a tipificação do crime eleitoral da violência política contra a mulher será respeitada. O Republicanos vai ser guardião deste princípio. Estou muito feliz e agradeço ao Republicanos para me convidar a fazer parte deste partido”, ressaltou Damares em sua filiação.  

Pré-candidato ao governo paulista, Tarcísio disse que o país enfrentou a crise da Covid-19, crise hídrica e enfrenta a Guerra da Ucrânia.  “Enfrentamos as crises mais graves que nossa geração podia enfrentar. Enfrentamos a crise da Covid-19, a crise hídrica e, agora, a guerra da Ucrânia, que foram superadas, mas agora o enfoque será fazer do Brasil um país grande. “Somos uma geração que não aceitou ser a geração perdida. Fazemos parte da geração que vai transformar o Brasil”, pontuou Tarcísio. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.