Rogério Cruz não vê dificuldades em diálogo de pacificação com Daniel Vilela

Prefeito de Goiânia diz estar aberto para reaproximação, desde que haja interesse do emedebista

A relação entre o prefeito de Goiânia, Rogério Cruz (Republicanos,) e o presidente do MDB em Goiás, Daniel Vilela, caminha para pontos de pacificação, cerca de um ano após o rompimento entre as partes. Agora, com foco na eleição do governador Ronaldo Caiado (UB) – que tem Vilela como pré-candidato a vice – o diálogo entre eles apresenta sinais de fortalecimento, mas ainda precisa de avanços. Segundo o prefeito de Goiânia, existe total abertura para conversas.

“O diálogo fortalece nossas prioridades e, no meu caso, a prioridade é estar com o governador Ronaldo Caiado. O Daniel é o vice na chapa, então essa aproximação é muito importante”, diz. Segundo o prefeito, a abertura pelo seu lado sempre existiu já que “todos sabem que eu não tive problema com Daniel”. O distanciamento entre Vilela e Cruz começou em meados de abril de 2021, quando o MDB deixou a prefeitura de Goiânia e Daniel – filho do prefeito eleito, Maguito Vilela (MDB), do qual Cruz era vice – chegou a declarar que via “falhas significativas” na gestão. Entre os problemas apontados na época, estava a troca de secretários, antes apontados por Maguito.

Agora, com os dois apostando na reeleição de Caiado, os sinais de aproximação tem sido identificados nos corredores da política goiana. O próprio Rogério Cruz afirma que muitas pessoas o procuram para que haja uma tentativa de trazer Daniel para conversas com a prefeitura, mas, no momento, o desejo é de esperar que o emedebista dê um passo nessa direção. “Eu sempre tenho dito que estou aberto para conversar, resta saber se ele também está. O que eu quero é que ele se manifeste, por interesse dele falar comigo. Se isso partir dele, não vejo dificuldades”, garante.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.