Rogério Cruz diz que obras que estão paradas são por falta de insumos

Segundo o prefeito, gumas grandes empresas a paralisarem momentaneamente, no entanto, há tratativas para retorno

Prefeito de Goiânia, Rogério Cruz | Foto: Divulgação

O prefeito Rogério Cruz (Republicanos) disse em entrevista coletiva realizada na manhã desta quinta-feira, 15, que há falta de insumos de construção no mercado, o que leva a algumas grandes empresas a paralisarem momentaneamente. O gestor entregou salas modulares e conclusão de reformas no CMEI Parque Atheneu e Vale dos Sonhos na capital

“As obras [em Goiânia] não pararam. As que nos preocupamos são as várias obras que estamos em conversa com grandes empresas devido a falta de insumo que as empresas pararam. A maioria estão se preparando para voltar”, apontou.

“Estive neste Cmei em janeiro. Determinei que fosse derrubado a parte de placas, pois é muito antigo. Para a modernização com salas modulares. Hoje já estamos implantado a melhoria. Como outras que estão acontecendo, sairemos daqui para inaugurar no Vale dos Sonhos, mais 100 vagas modulares”, disse.

Asfalto

A suspensão das obras de asfalto foi um dos pivôs que culminou com o rompimento do grupo de Daniel Vilela, presidente do MDB, com Rogério Cruz, que levou à retirada de 16 auxiliares. Ainda em março, o prefeito assinou decreto com a paralisação das obras por 120 dias para avaliação dos contratos celebrados para asfaltamento.

Justamente o contrato celebrado pela prefeitura para asfaltamento foi alvo de tentativa de abertura de Comissão Especial de Inquérito (CEI) pelo vereador Santa Gomes (PRTB).

De acordo com o parlamentar, a necessidade de investigar o contrato com a empresa responsável pela reconstrução do asfalto na capital surgiu após receber denúncias que demonstram “desvios de conduta”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.