Roberto Naves diz que não vai permitir que alguns segmentos comerciais brinque com a vida dos anapolinos

Segundo o prefeito, os leitos devem ainda aumentar de 33 para 61 dentro de 15 dias

Roberto Naves (PP), prefeito de Anápolis | Foto: Fernando Leite/ Jornal Opção

A cidade de Anápolis não deve suspender as atividades econômicas neste momento. O anúncio foi feito pelo prefeito Roberto Naves (PP) na tarde desta quinta-feira, 25. No entanto o chefe do executivo disse que não irá permitir que alguns segmentos comerciais brinque com a vida das pessoas.

Em coletiva, Roberto Naves salientou que a quantidade de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) disponíveis para os cidadãos anapolinos é suficiente para suportar o avanço do coronavírus na cidade por enquanto.

Segundo o prefeito, os leitos devem ainda aumentar de 33 para 61 dentro de 15 dias. Embora a quantidade de casos esteja aumentando significativamente, o sistema de saúde, que foi ampliado, está suportando a situação e proporcionando o atendimento necessário aos pacientes.

Sem citar quais segmentos especificamente, Roberto Naves disse que liberou o funcionamento destas atividades após inúmeros pedidos das classes representantes, mas que os acordos feitos com a Polícia Militar (PM) e a Vigilância Sanitária não estavam sendo cumpridos.

“Essa oportunidade foi dada graças ao trabalho da ampliação do nosso sistema de saúde. Só que as pessoas começaram a confundir a oportunidade de trabalho com oportunidade de diversão Então a tolerância que nós vamos ter com essas pessoas é tolerância zero”, disse.

Ele salientou ainda que os mesmos que pediram uma chance serão mais observados e a qualquer momento poderá revogar algumas linhas do decreto. “A população de Anápolis não pode pagar pela irresponsabilidade de alguns”, finalizou o prefeito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.