Roberto Justus diz que pode concorrer à presidência em 2018

Agora conselheiro do presidente Michel Temer, empresário e apresentador afirmou que espera “ajudar mais a nação”

Divulgação

Divulgação

O empresário e apresentador Roberto Justus disse nesta segunda-feira (21/11) que pode concorrer à presidência em 2018. Em entrevista ao “Estadão”, ele disse que passou a ter interesse pela política recentemente, quando viu que poderia “ajudar a nação”.

“Eu nunca pensei nessa coisa da política na minha vida. Nunca combinava muito com o um estilo, eu sou uma pessoa um pouco diferente desse mundo político. (sic) Mas, ajudar o país, ajudar a tua nação, se isso for a uma possibilidade, eu posso até pensar no assunto”, afirmou.

À publicação, Justus adiantou que vários partidos têm o procurado, mas ressalva que prefere não adiantar as negociações. Sobre as próximas eleições, ele diz não saber se já disputaria o pleito de 2018 ou uma eleição futura, mas garante que quer participar mais do desenvolvimento do Brasil.

“Antigamente, eu nunca admitiria a possibilidade de pensar em alguma coisa nesse sentido, mas ultimamente eu tenho pensado sobre isso. Quem sabe, não sei, porque é uma mudança de vida. É você dedicar a sua vida ao país”, explicou.

Justus é um dos 96 membros do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social criado pelo presidente Michel Temer (PMDB) na última semana. Ao lado do treinador de vôlei masculino, Bernardinho, e do ex-jogador de futebol Raí, o apresentador participou nesta segunda-feira do primeiro encontro do “Conselhão”, como o grupo é chamado, em Brasília. O objetivo é assessorar o presidente em assuntos econômicos e sociais.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.