Roberto do Órion derrota máquina do PT e se elege prefeito de Anápolis

Mesmo sem nunca ter disputado cargos políticos na vida, candidato petebista vence eleições contra o atual prefeito, João Gomes, do PT

Divulgação

Divulgação

Com discurso da renovação e sem experiência política anterior, o empresário e professor Roberto do Órion (PTB) põe fim à hegemonia do Partido dos Trabalhadores em Anápolis, sendo eleito prefeito no município com a maioria dos votos. Em disputa acirrada, o petebista derrotou o atual prefeito João Gomes (PT) no segundo turno das eleições, neste domingo (30/10), com pouco mais de 50% dos votos.

Mesmo sem nunca ter disputado cargos políticos na vida, Roberto conseguiu 21,56% dos votos válidos no primeiro turno das eleições, ficando logo atrás de seu adversário. Durante a campanha para o segundo turno, o candidato tomou a dianteira na maioria das pesquisas de intenção de voto e se consagrou como favorito entre o eleitorado anapolino.

O petebista também conseguiu o apoio dos candidatos derrotados na primeira etapa das eleições e de grande maioria dos partidos das demais coligações.

Pesou contra João Gomes, ainda, o mau momento político do Partido dos Trabalhadores. Mesmo em Anápolis, conhecido reduto eleitoral petista, a legenda tem enfrentado crescente rejeição do eleitorado.

Vale lembrar que a cidade era uma das setes em que o partido concorria ao cargo de chefe do Executivo municipal no segundo turno. Nestas eleições, o PT apresentou queda no número de candidatos eleitos e perdeu mais da metade das prefeituras. Anápolis não foi exceção.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.