Ricardo Salles se irrita com Anitta e puxa discussão “nível 5ª série” no Twitter

Cantora divulga hashtag #ForaSalles, contra o ministro do Meio Ambiente, que não gostou e chamou a estrela pop de “teletubbie”. Bate-boca seguiu durante o dia

Do melhor ao pior do comportamento humano, têm coisas que só a internet e as redes sociais podem proporcionar.

Nesta quarta-feira, 21, o destaque ficou por conta de um bate-boca virtual entre o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, e a cantora pop Anitta. Ambos levaram suas “torcidas” a produzir um dos debates mais “quinta-série” dos últimos tempos no Twitter.

Para pressionar o governo brasileiro de Jair Bolsonaro às vésperas da cúpula do clima convocada pelo presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, oposição, ambientalistas e entidades da sociedade civil convocaram um tuitaço com a hashtag #ForaSalles, exigindo a demissão do ocupante da pasta ambiental.

Cada vez mais se posicionando nesse tipo de engajamento, Anitta deu sua contribuição à manifestação em seu perfil no Twitter:

Como diz um meme bastante conhecido que envolve o narrador Galvão Bueno, alguns diriam que o ministro “sentiu”. E, marcando a postagem com a hashtag #FicaSalles (dos grupos bolsonaristas), reagiu em tom agressivo, :

Teletubbies foi um seriado infantil de TV de sucesso no início do século – Ricardo Salles já devia ter em torno de 25 anos – em que quatro criaturas simpáticas (os “teletubbies”) tinham, cada uma, antenas e uma espécie de televisão na barriga. A popstar não deixou barato e questionou a “maturidade” do ministro. E com a ajuda da apresentadora de TV Rachel Sheherazade (que também esteve em polêmica recente, por um processo de assédio movido contra o ex-patrão Silvio Santos):

A tréplica de Salles veio com um desafio geográfico-ambiental:

Anitta terminou o dia com várias outras provocações ao contestado ministro do Meio Ambiente em seu perfil e um desabafo:

“Falar mal do governo Bolsonaro e abrir suas menções no twitter é tipo entrar na sala do 5° ano no colégio e dizer que não vai ter ponto facultativo no feriado… os revoltados xingando o inspetor que deu a notícia: “seu arrombado”, “vai lá ô corno”, “já é cuzao”, “flw otario” (…) Bem aquele video (sic) do @FabioPorchat ensinando como discutir com bolsanarista (sic). Tem que ser debate vazio… dos bem toscos tipo… “falou seu brocha”, “ja é, pau pequeno”… que loucura. Uma galera que se diz superior em nível de formação. Confuso!”

Além da desconfiança da turma conservadora sobre os dotes intelectuais da cantora, Anitta foi atacada também pelo fato de ter divulgado que havia feito mais uma tatuagem – desta vez na região anal.

A partir de hoje, porém, a preocupação de Ricardo Salles deve ser com assuntos menos colegiais, mas não menos polêmicos: na cúpula do presidente dos EUA, a tendência é que o governo Bolsonaro deva bancar a agastada tese do ministro sobre a proteção dos recursos naturais do País. E, ao contrário de seu antecessor, Joe Biden não é muito adepto de provocações via Twitter.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.