Revista Nature responsabiliza Bolsonaro por ‘épica crise de saúde pública’

Na edição desta semana, a revista publicou reportagem que relaciona a crise no sistema de saúde com as atitudes negacionistas do presidente; segundo a matéria, apenas um em cada dez brasileiros foram vacinados contra o coronavírus

Bolsonaro em coletiva de imprensa retirando a máscara de proteção facial. | Foto: Pedro Ladeira

A revista científica Nature, na edição desta semana, reservou espaço a uma reportagem que aborda a pandemia do coronavírus no Brasil em paralelo ao colapso da Saúde pública e das atitudes negacionistas do presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido).

Logo de cara, o texto ressalta que, apesar de o país só corresponder a 3% da população mundial, sua quantidade de óbitos por Covid-19 já é responsável por 13% das mortes pela doença.

Segundo a matéria, as atitudes de Bolsonaro, que no início a pandemia, a minimizou e a caracterizou como gripezinha, estão relacionadas com esses resultados – que também são fruto da falta de investimento e dos cortes nos fundos que eram destinados às universidades públicas e aos ministérios da Ciência e Educação, em 2019.

A “Nature” também compara Jair Bolsonaro ao ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. A semelhança é pontuada, uma vez que o chefe de Estado brasileiro se contrapôs às opiniões científicas ao se recusar a utilizar a máscara facial de proteção contra contaminação – mesmo após ter sido infectado -, ao considerar o isolamento social como não necessário e ao não esconder suas opiniões que consideraram as vacinas como perigosas.

É lembrado que, em dado momento, Bolsonaro fez questão de dizer à população, sobre o imunizante Pfizer, “que [se você tomar e] virar jacaré, é problema seu”.

Assim, os posicionamentos do presidente quanto à imunização contra o coronavírus teriam acarretado no resultado de apenas um em cada dez brasileiros estarem vacinados contra a doença, até o momento. fazendo questão de dizer à população, sobre à Pfizer, “que [se você tomar] virar jacaré, é problema seu”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.