Retomada das cirurgias eletivas em Goiás é prioridade pós-pandemia, diz Caiado

Governador diz que certificação Acsa conquistada pelo HGG coloca Goiás no patamar da melhor medicina do país

Foto: Lívia Barbosa / Jornal Opção

O governador Ronaldo Caiado (DEM) afirmou nesta sexta-feira, 16, que após a pandemia o grande esforço da saúde em Goiás será recuperar a capacidade de realização das cirurgias eletivas que foram interrompidas para conter o avanço da pandemia do coronavírus (Covid-19).

“Por conta da Covid-19 os hospitais interromperam essas cirurgias, apesar de que no HGG isso não aconteceu. O hospital continuou trabalhando e está ficamos entre os três estados no país que fizeram o maior número de transplantes de rim e de fígado”, detalhou Caiado.

Para o governador, a unidade mostrou competência ao continuar os atendimentos sem deixar de lado o controle para impedir contaminações por Covid-19 durante a pandemia. “Continuou a fazer as cirurgias eletivas tão urgentes e vitais como pudemos ver hoje durante visita à UTI”, pontuou.

“Temos o melhor hospital público do país. O HGG tem a acreditação de uma empresa internacional pela qualidade que é ofertada aos pacientes internados na UTI. Esse título engrandece e coloca Goiás no patamar da melhor medicina do país”, comemorou Caiado, ao declarar que a unidade está no pódio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.