Republicanos é o único partido que se fortaleceu na Câmara de Goiânia

Patriota, DEM, PDT e MDB tiveram um decréscimo entre 75% e 40% das bancadas; PMN e o PCdoB perderam representação na Casa

Gráfico feito pelo cientista político, Guilherme Carvalho

Na contramão do que se esperava das novas regras eleitorais, cuja previsão era de redução de partidos, a eleição para vereador registrou um aumento significativo de legendas na composição do Legislativo municipal.

Na Câmara Municipal de Goiânia, o aumento de novos partidos foi de 62%, enquanto siglas tradicionais perderam representação.

O único partido que se fortaleceu foi o Republicanos, que alcançou um aumento de 33% da bancada. Já o PMN e o PCdoB perderam representação. As bancadas do Patriota, DEM, PDT e MDB tiveram um decréscimo entre 75% e 40%.

Gráfico feito pelo cientista político, Guilherme Carvalho

A alta fragmentação partidária tomou conta da Casa com muitos novos partidos que elegeram apenas um representante. Segundo gráfico elaborado pelo cientista político Guilherme Carvalho, 34% são bancadas com essa composição.

Também se observa que candidatos com muitos votos acabaram não eleitos por conta da ausência de outros nomes puxadores de votos no partido, fazendo com que o postulante não atingisse o quociente eleitoral. Um exemplo é Fabrício Rosa, do Psol, que obteve 4.299 votos e não foi eleito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.