Republicanos de Marcos Pereira e João Campos deve indicar o ministro da Cidadania

O deputado federal Marcos Pereira deve indicar Jhonatan de Jesus ou João Roma para o ministério de Bolsonaro

Juscelino Goulart de Oliveira

Especial para o Jornal Opção

Marcos Pereira, presidente do Republicanos | Foto: Reprodução

Ligado à Igreja Universal, o partido Republicanos deve indicar o próximo ministro da Cidadania. A decisão está nas mãos do presidente da legenda, deputado federal Marcos Pereira. Os nomes mais cotados são os deputados federais Jhonatan de Jesus, de Roraima, e João Roma, da Bahia.

João Roma, deputado federal da Bahia | Foto: Reprodução

Jhonatan de Jesus é o político mais ligado a Marcos Pereira. João Roma é ligado ao ex-prefeito de Salvador ACM Neto, presidente nacional do partido Democratas. A tendência é que o mais afinado com o presidente do Republicanos seja indicado.

“O Globo” frisa que, “segundo deputados do partido, a ideia é não indicar alguém diretamente ligado à Igreja Universal, que é ligada à legenda, mas não quer participar diretamente do governo”. A rigor, não será fácil. Parte significativa de seus líderes políticos pertence à Igreja Universal.

Jhonatan de Jesus: deputado federal por Roraima | Foto: Reprodução

O deputado federal João Campos (presidente do Republicanos em Goiás), que não pertence à Universal, e evangélico da Assembleia de Deus. A cúpula nacional do partido planeja fortalecer João Campos para que possa disputar mandato de senador, abrindo espaço para o pastor e deputado estadual Jefferson Rodrigues, da Universal e do Republicanos, disputar mandato de deputado federal em 2022.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.