Reordenamento de OSs da Saúde em Goiás deve gerar economia de R$ 10 milhões por mês, diz Caiado

Governador afirma que transição seguirá o que determina a Lei e diz que preza por transparência no uso do dinheiro público

Foto: reprodução

Durante entrevista concedida à rádio Interativa nesta terça-feira, 1º, o governador Ronaldo Caiado (DEM) afirmou que espera economia de cerca de R$ 10 milhões com troca ou manutenção das organizações sociais (OSs) responsáveis pela gestão de unidades de saúde do Estado. A expectativa é gerada pela previsão de menores custos em novo processo de licitação.

Na entrevista desta terça o governador afirma que o atendimento também deve ser otimizado, com previsão de aumento em 28%. Caiado adiantou ainda que os recursos economizados com as mudanças serão revertidos em investimento em policlínicas no interior do Estado.

“Se hoje tenho um dinheiro para investir nas policlínicas no interior do Estado, na sua construção e compra de aparelhagem, é exatamente com esse dinheiro que estou economizando”, afirmou o governador, pontuando interpretar como “absurdos” os valores antes praticados.

O governador adianta que os processos de transição seguirão o que determina a lei, obedecendo a etapas cabíveis e afirma: “Haverá total transparência no uso do dinheiro público. Mas, o que precisamos é economizar. Não posso manter estruturas que não correspondiam às necessidades do Estado”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.