Renato de Castro diz que vem sendo vítima de ataques em Goianésia

Candidato a prefeito atribui ofensas ao período eleitoral e pede posicionamento da Casa de leis. Funcionários do gabinete do deputado são alvos das críticas

Foto: Marcos Kennedy / Alego

Foto: Marcos Kennedy / Alego

O deputado Renato de Castro (PMDB) usou a tribuna durante sessão na tarde desta terça-feira (30/8) para condenar ataques que vem sofrendo por oposicionistas em Luziânia, cidade em que concorre ao cargo de prefeito.

“Na cidade de Goianésia, tenho sofrido ataques, como se meu gabinete fosse diferente dos outros gabinetes desse Parlamento, coisa que não é verdade. Discurso de pessoas sem escrúpulos que falam mal da Casa, por conta de período eleitoral”, discursou.

Em entrevista ao Jornal Opção, o peemedebista explicou que os ataques no município têm como alvos servidores de seu gabinete. “Ficam distorcendo salários, entre outras coisas, e eu fui cobrar uma posição, pois, se houver erros no meu gabinete, todos estão errados”, esclareceu.

O parlamentar espera que a mesa diretora venha se pronunciar sobre o assunto. “É isso que me fez ir à tribuna, defender essa Casa”, enfatizou Renato.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.