Relatório final fundamentará novo pedido de impeachment contra Bolsonaro

Em entrevista ao portal Metrópoles, Renan Calheiros afirmou que ainda não foi definido quem será o autor do novo requerimento

Renan Calheiros relator da CPI da Covid. | Foto: Reprodução

O relator da CPI da Covid, Renan Calheiros, afirmou, na última quarta-feira (20), ao portal Metrópoles, que o relatório da Comissão embasará novo pedido de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro. Apesar de ainda não se ter definido quem será o autor do requerimento a ser entregue à Câmara, o senador afirma que os crimes apontados servirão como fundamento.

Para Renan Calheiros, a entrega do relatório não é suficiente. “Há crimes ali que justificam um novo pedido de impeachment”, afirmou o senador. O documento acusa o presidente de dois crimes de responsabilidade: crimes contra os direitos políticos, sociais e individuais e agir de modo incompatível com a dignidade de seu cargo.

Somente o presidente da Câmara, Arthur Lira, pode dar aceitar o início de um pedido de impeachment. O julgamento é feito pelo Senado Federal.

Bolsonaro também pode ser julgado perante o Supremo Tribunal Federal (STF) por crimes comuns. No entanto, para isso, é preciso que o procurador-geral da República, Augusto Aras, apresente denúncia em ação penal. Caso não faça nada, o Senado poderá encaminhar o relatório ao Supremo.

Com informações do portal Metrópoles

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.