Relatório da SSPAP aponta queda dos índices de violência em Goiás

Dados comparam números de 2017 com o registrado no mesmo período do ano passado

Foto: Divulgação / SSPAP

O relatório de ocorrências reativas de 2017, divulgado na última quinta-feira (2/11) pela Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária (SSPAP),aponta para uma queda nos principais índices de violência no Estado de Goiás.

Segundo o levantamento, no acumulado do ano, de janeiro a outubro, as doze modalidades criminais monitoradas pela SSPAP cederam em relação ao mesmo período do ano passado. Os latrocínios diminuíram (-40,13%), nesse período. Os homicídios diminuíram (-12,29%), os estupros estão (-12,61%) menores e as tentativas de homicídios retrocederam (-22,05%).

Os roubos a transeuntes acumulam queda de (-25,97%), os roubos de veículos estão (-27,51%) abaixo do registrado neste período do ano passado, e os roubos em comércios e residências caíram (-33,75%) e (-21,57%), respectivamente.

Em relação ao ano passado, os furtos de veículos recuaram (-14,96%), furtos em comércios (-15,36%), furtos a transeuntes (-22,18%) e furtos em residências (-3,27%).

Outubro

Em outubro, comparado com igual período do ano passado, houve queda em onze das 12 modalidades consideradas de alta prioridade pelas autoridades de segurança pública.

No mês passado, os homicídios registraram queda de (-12,39%) em comparação ao mesmo período de 2016. Os latrocínios recuaram 16,67%, enquanto as tentativas de homicídios regrediram (-16,88%). Os estupros oscilaram positivamente em 4,62%.

De acordo com os dados, a categoria dos roubos apresentou as quedas mais significativas. Os roubos a transeuntes encolheram (-38,9%), roubos em comércio (-40,06%), roubos de veículos (-33,45%) e roubos em residências (-25%).

Os furtos no estado também ficaram menores em outubro. O crime praticado contra comércios caiu (-24,78%), em residências (-16,08%), a transeuntes (-14,24%) e de veículos (-6,18%).

1
Deixe um comentário

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
Ricardo

A manipulação de estatísticas está funcionando!