Reino Unido aprova vacina da Pfizer

“Vacinação vai estar disponível por todo o Reino Unido a partir da próxima semana”, anuncia premiê britânico, Boris Johnson

Vacina | Foto: Reprodução/ Pfizer

O Reino Unido aprovou nesta quarta-feira, 2, o uso da vacina contra o coronavírus Sars-CoV-2 produzida pela Pfizer e pela BioNTech. O anúncio partiu do ministro da Saúde britânico, Matt Hancock, que prevê iniciar a vacinação na semana que vem.

A liberação foi dada pela Agência Reguladora de Medicamentos e Produtos de Saúde (MHRA, na sigla em inglês). Com isso, os britânicos foram os primeiros no mundo a aprovarem a BNT 162b para uso na população. A União Europeia e os Estados Unidos ainda estão analisando os dados preliminares dos resultados da fase 3 de testes clínicos. 

Já o Brasil praticamente descartou o imunizante, segundo um documento do Ministério da Saúde, por conta do já conhecido problema de refrigeração – que precisa ficar em -70ºC – fora do padrão atual. No entanto, os europeus em geral e os norte-americanos estão produzindo refrigeradores capazes de atingir as temperaturas necessárias.   

“É fantástico que o MHRA autorizou formalmente a vacina contra a Covid-19 da Pfizer/BioNTech. A vacinação vai estar disponível por todo o Reino Unido a partir da próxima semana. É a proteção das vacinas que vai finalmente nos permitir retomar nossas vidas e mover a economia de novo”, escreveu em duas mensagens no Twitter o premiê britânico, Boris Johnson. (Com informações do UOL)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.