Regina Casé apresenta Esquenta! “arrasada” após ser chamada de mentirosa pela mãe do dançarino DG

 A TV Globo emitiu uma nota se posicionando sobre as declarações de Maria de Fátima e disse que “entende” a dor, mas que as afirmações “não tem fundamento”

regina casé e maria

À esquerda Maria de Fátima, mãe do DG. À direita Regina Casé | Fotos: Antônio Cruz / Agência Brasil – Reprodução Facebook

A auxiliar de enfermagem Maria de Fátima da Silva, mãe do dançarino Douglas Rafael da Silva Pereira, conhecido como DG, que trabalhava no programa “Esquenta!”, afirmou que a mídia “usou o tempo todo” a imagem da morte de seu filho. Durante debate no evento Sernegra, que discutia, na última quinta-feira (20/11) em Brasília, discriminação racial, Maria de Fátima chamou Regina Casé de mentirosa e farsante.

DG foi morto em abril deste ano durante ação da polícia militar na comunidade do Pavão-Pavãozinho, no Rio de Janeiro. Segundo a auxiliar, poucas horas depois da morte a produção da TV Globo a convidou para participar do programa. “Praticamente me arrancaram da minha casa, me levaram para a TV e limitaram o que eu devia falar. Ela [Casé] disse para mim que eu só deveria responder o que eles me perguntassem”, disse a auxiliar, durante um debate do evento Sernegra, que discutia, na última quinta-feira (20) em Brasília, discriminação racial.

A mãe do dançarino, ainda asseverou, em tom crítico, que ela e seus familiares, que incluíam duas mulheres grávidas, foram “trancados” em um pequeno cômodo até o início das gravações: “O único local que a gente podia circular era o salão de beleza. Eu estava há 80 horas sem dormir. Eu queria uma solução imediata que esclarecesse a morte do meu filho”.

Ainda de acordo com ela, durante a sua participação na atração, “alguém” jogou uma suposta agenda do programa em sua bolsa, que trazia em uma página, escrita à mão, a frase “solta as fotos sensacionalistas, que é para a mãe chorar”. “Em nenhum momento do programa vocês viram ela falar de violência da polícia, e quando eu ia falar, era cortada”, declarou.

O programa “Esquenta!” em homenagem ao dançarino DG foi ao ar em 27 de abril deste ano. Neste domingo (23/11), no início da atração a apresentadora disse que chegou lá “triste e arrasada”, no entanto, não quis comentar o caso.

Nesta segunda feira (24), a TV Globo emitiu uma nota se posicionando sobre as declarações de Maria de Fátima e disse que “entende” a dor, mas que as afirmações “não tem fundamento”.

Uma resposta para “Regina Casé apresenta Esquenta! “arrasada” após ser chamada de mentirosa pela mãe do dançarino DG”

  1. Avatar Carlos Alberto Moraes disse:

    Quem na verdade vem tentando tirar proveito dessa situação é a mãe do cidadão falecido.na verdade ela queria que a morte do filho estivesse em evidencia e a midia atras dela.depois dessa morte a mãe do cidadão DG ja quis ir pra outros paises dar palestras.insinuou na época que estavam lhe seguindo uma pessoa com uma ponto 40.e outras leviandades… pra mim na verdade essa senhora nunca mostrou sentimento algum pelo filho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.