Refugiados e pessoas em situação de rua recebem mais de 70 mil refeições do Governo de Goiás e OVG

Distribuição é realizada em parceria com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Humano e Social de Goiânia e Secretaria de Desenvolvimento Social de Goiás (Seds)

Foto: Aline Cabral


Com um cardápio definido por nutricionistas, o Restaurante do Bem está em funcionamento em 13 unidades espalhadas por Goiás. Desde o início da pandemia, o Governo do Estado, por meio da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG) e com a parceria da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Humano e Social de Goiânia (Sedhs) e Secretaria de Desenvolvimento Social de Goiás (Seds), distribuíram 70.400 marmitas para pessoas em situação de rua e refugiados venezuelanos. 

Para a diretora-geral da OVG, Adryanna Melo Caiado, ressalta que a iniciativa proporciona uma refeição balanceada e, consequentemente, melhora o bem-estar das pessoas. 

A presidente de honra da OVG e coordenadora do Gabinete de Políticas Sociais, primeira-dama Gracinha Carvalho Caiado, reforça que o Restaurante é uma forma de garantir dignidade aos mais necessitados.  “Sem sombra de dúvidas o governador Ronaldo Caiado tem colocado as pessoas vulneráveis em primeiro lugar. Isso é motivo de grande orgulho”, pontua. 

A iniciativa tem recebido muitos elogios. Um  jovem venezuelano que vive em uma casa com outros 15 refugiados, na capital, não quis se identificar mas disse que “a comida é um banquete que merece toda nossa gratidão”. “Sem essa marmita que distribuem para nós, não sei como faríamos para nos alimentar”, relatou. 

O Restaurante do Bem funciona de segunda a sexta-feira, das 10h30 às 14h, nas cidades de Goiânia, Anápolis e Luziânia, que contam com duas unidades, e Rio Verde, Águas Lindas, Valparaíso, Caldas Novas, Jaraguá, Goianésia e Minaçu. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.