“Reforma da Previd├¬ncia ├® uma bomba para o trabalhador”, diz Elias Vaz

Deputado considera que Planalto está jogando responsabilidade da crise orçamentária que vive o país em cima dos contribuintes

Foto: Fernando Leite / Jornal Opção

O deputado federal Elias Vaz (PSB) publicou em suas redes sociais v├¡deos em que critica a Reforma da Previd├¬ncia entregue por Jair Bolsonaro (PSL) no Congresso Nacional na manh├ú de quarta-feira, 20. Para o goiano, a proposta “├® uma bomba para o trabalhador”.

O pessebista destaca que o maior problema visto por ele no texto ├® o que foi alterado para os trabalhadores rurais. “Antes se ele comprovasse que trabalhou por 15 anos no campo, e tivesse a mulher 55 anos e o homem, 60, aposentava. Agora, al├®m da idade ter sido igualada para 60, eles ter├úo que provar que contribu├¡ram por 20 anos”, detalha.

Para Elias, isso s├│ far├í com que essa categoria n├úo se aposente, porque, logicamente, n├úo ter├úo contribu├¡do. “Eles n├úo v├úo dar conta de comprovar isso, porque nunca tiveram que contribuir e n├úo v├úo se aposentar”, explica.

Ele tamb├®m reclamou das mudan├ºas para os professores, que ter├úo que ter o m├¡nimo de contribui├º├úo de 30 anos e 60 anos de idade, tanto homens quanto mulheres. Al├®m disso, as pens├Áes em caso de morte de c├┤njuge contribuinte n├úo ser├úo passadas em sua integralidade aos beneficiados, mas em 50% do valor – o que Elias considerou absurdo.

“Est├úo jogando a bagun├ºa que estamos vivendo com a situa├º├úo or├ºament├íria nas costas dos trabalhadores, enquanto grandes empresas devem mais de R$ 400 milh├Áes para o Estado e s├│ em benef├¡cios fiscais em 2018 foram gastos R$ 300 bilh├Áes”, finalizou.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.