Receptividade ao nome de Lula em Goiás é surpreendente, diz Adriana Accorsi

Apesar de reconhecer força do Bolsonarismo em Goiás, delegada filiada ao PT aponta apoio vindo de diversas áreas da sociedade

Nome de Lula é bem recepcionado em Goiás. | Foto: reprodução

A proximidade das eleições aumenta o trabalho do diretório dos partidos. Enquanto a figura do ex-presidente Lula faz campanha pelo Brasil, em Goiás a legenda se articula para colocar o candidato no páreo. Apesar de reconhecer a força do Bolsonarismo no estado, a delegada Adriana Accorsi ressalta a receptividade de grupos ao nome de Lula.

A campanha oficial ainda não teve início. Mesmo assim, já é possível mensurar a grandiosidade esperada para o pleito. “Tenho dialogado com grupos sociais e comunidades diferentes, como grupos religiosos, segurança pública, comunidades periféricas, empresários. Estamos tendo uma receptividade surpreendente. Temos muita esperança de conseguir vencer. Não será fácil, precisamos trabalhar muito”, disse Accorsi ao Jornal Opção.

A receptividade ao nome de Lula para presidência se deve, segundo ela, pela consciência da maioria do eleitorado. “Temos consciência de que estamos em um desastre hoje no País. Somente uma pessoa com a experiência, disposição e conhecimento pode pacificar e reconstruir nosso País”, apontou a política.

O trabalho do PT para buscar apoio é feito com mobilização e fortalecimento de diretórios em todas as cidades do estado e em regiões de Goiânia. A intenção é trabalhar junto de setores da sociedade para debater a organização dos movimentos e das redes sociais na pré-campanha.

Adriana Accorsi esteve a frente de reuniões e encontros, presenciais e virtuais, nesta mobilização. “Estamos recebendo muitos apoios de setores da sociedade que são muito importantes. São servidores públicos, juventude, estudantes, grupos de mulheres, empresários e sindicatos. É uma campanha muito além do partido. Queremos dialogar com toda a sociedade e governar de forma ampla e democrática”, ressaltou a delegada.

Apesar de ver o crescimento do partido em Goiás como algo positivo, Accorsi reconhece que Bolsonaro tem amplo apoio no estado. Para fazer frente ao movimento, o planejamento será voltado para o diálogo. “Estamos preparando propostas e formas para levar nossos projetos a cada pessoa que vive em Goiás. Em cada cidade, teremos grupos responsáveis por dialogar com setores como juventude, empresários, religiosos, mulheres etc. Vamos à luta”, finalizou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.