Rebaixada, aplicar na Petrobrás já é considerado “arriscado”

Após sucessivos escândalos e denúncias de corrupção, agência internacional de classificação de risco diminuiu todas as notas de crédito da estatal brasileira

A agência de classificação de risco Moody’s rebaixou a nota da Petrobras de Baa3 para Ba2. Com isso, a estatal perde o grau de investimento e passa para o grau especulativo, indicando que investir na petrolífera brasileira passou a ser uma operação mais arriscada.

Das três maiores agências de classificacão de risco, a Moody’s é a primeira a rebaixar a classificação da Petrobras. As outras duas são a  Fitch e a Standard & Poor’s.

A classificação de risco, ou rating da tradução em inglês, é a nota dada por instituições especializadas em análise de crédito, chamadas agências classificadoras de risco. Essas agências avaliam a capacidade e a disposição do emissor de um título em honrar, pontual e integralmente, os pagamentos de sua dívida.

O rating é um indicador relevante para os investidores, uma vez que fornece opinião a respeito do risco de crédito da dívida do país analisado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.