Reajuste do IPTU deve chegar à Câmara na próxima semana

Presidente afirma que novos valores não serão abusivos e que devem seguir a inflação

O presidente da Câmara, Anselmo Pereira (PSDB), afirmou nesta quarta-feira (7/10) que sua expectativa é de que a Casa receba na próxima semana o projeto que estabelece as alíquotas do IPTU para o ano de 2016. Para vigorar no próximo ano, o reajuste deve ser aprovado pelos vereadores até 20 de dezembro.

Em entrevista coletiva, Anselmo disse ter participado de uma reunião com o prefeito Paulo Garcia (PT) e mais 40 líderes empresariais para discutir o assunto. “Na oportunidade, o secretário de Finanças da prefeitura, Jeovalter Correia, fez uma explanação do como será o projeto a ser enviado à Câmara, com nova planta de valores e uma nova sistemática de cobrança do imposto”, adiantou ele.

O presidente garantiu que não haverá reajuste abusivo. “Acho que ficará dentro da correção inflacionária. A população não será pega de surpresa. A sociedade terá que ser informada. Portanto, várias reuniões e audiências serão feitas para discutir essa importante matéria para a cidade.”

Apesar do otimismo de Anselmo, o líder do prefeito na Câmara, Carlos Soares (PT), não acredita que o projeto do IPTU chegue na Casa já na próxima semana. Segundo ele, ainda há discordância quanto ao valor do reajuste.

“Isso vai depender ainda de muita negociação entre o Paço e a sua base de apoio. Precisamos definir qual o índice de reajuste. Parece que o secretário quer aumento seja em torno de 19%, enquanto defendemos um reajuste com base na variação inflacionária. Estamos dialogando com o Paço para chegarmos a um acordo que não penalize as finanças da Prefeitura nem onere a população com mais impostos”, enfatizou Carlos Soares.

Uma resposta para “Reajuste do IPTU deve chegar à Câmara na próxima semana”

  1. Avatar Lita Carneiro disse:

    Políticos jamais ficam satisfeitos. Querem sempre mais e mais. Não sei de nenhum que apresentem sugestões de reduzir seus salários, ou acabar com privilégios criados e gozados por eles mesmos. Nada do que eles façam ou venham a fazer surpreende a população. O carma não é só de Goiás é do país inteiro. Nossa inércia facilita, contribui para tantos abusos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.