Raquel Dodge pede federalização da investigação sobre mandantes da morte de Marielle

Durante sua despedida da PGR, procuradora-geral também desejou um bom mandato ao possível sucessor, Augusto Aras

Foto: MPF

A procuradora-geral da República Raquel Dodge se despediu da liderança do Ministério Público Federal, nesta terça, 17, e desejou um bom mandato ao subprocurador-geral da República Augusto Aras, que apesar de não fazer parte da lista tríplice da PGR, foi indicado pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL).

Durante coletiva, ela pediu pela federalização da investigação sobre os mandantes dos assassinatos da vereadora Marielle Franco (PSOL) e o motorista Anderson Gomes, que ocorreu no Rio, em 14 de março de 2018. “O que verificamos é que há inércia em identificar quem são os mandantes”.

Ela também fez um balanço de sua atuação, na qual tiveram 64 denúncias, 224 pessoas denunciadas, 19 pedidos de homologação de colaboração premiada, 428 declínios de competência e 427 pedidos de extradição; e afirmou que nesta gestão o MPF foi o guardião da Constituição ao provocar o Judiciário a guardá-la.

“Encerro o cargo com uma imensa esperança de que dias melhores virão, com uma população mais atenta e com uma grande satisfação com as instituições, que estão fortes. Temos motivos para alerta, mas também celebramos o fato de que a sociedade está forte e atenta”, publicou no Twitter após a coletiva. “A instituição é forte e permanecerá”.

Aras

Vale lembrar que Raquel Dodge, apesar de estar na lista tríplice quando foi indicada pelo então presidente Michel Temer (MDB), era a segunda. Augusto Aras, que deve substituí-la, ainda precisa passar por sabatina e aprovação no Senado.

O possível novo líder do MPF será sabatinado no dia 25 de setembro. senador Eduardo Braga (MDB-AM), relator da indicação, entregou na segunda, 16, seu parecer na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) em que avaliou positivamente Aras por cumprir, segundo ele, todos requisitos documentais e burocráticos para o cargo. Este documento será lido na CCJ nesta quarta, 18.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.