Ranking de Competitividade: Governo de Goiás espera recuperar posições perdidas em gestão passada

Estado perdeu três posições na avaliação do governo de 2018. Reformas e choque de gestão promovidos no governo Caiado devem elevar as notas dos quesitos avaliados no relatório

Atualmente Goiás ocupa a 13ª posição no Ranking de Competitividade entre os Estados brasileiro. O dado consta no último relatório divulgado pela CLP – Liderança Pública, em parceria com a Tendências Consultoria e a Economist Intelligence Unit, em outubro de 2019. A informações constantes nesse levantamento refere-se a gestão de 2018 e levaram o Estado a perder três posição, que agora busca recuperar.

Para ranquear os Estados o relatório leva em consideração os seguintes quesito: Sustentabilidade Ambiental, Capital Humano, Educação, Eficiência da Máquina Pública, Infraestrutura, Inovação, Potencial de Mercado, Solidez Fiscal, Segurança Pública e Sustentabilidade Social.

Para cada um dos quesitos a consultoria dá pontuações e a média final determina em que posição no ranking cada Estado ocupa. No relatório que será divulgado dentro dos próximos 60 dias será levado em conta os dados de 2019, primeiro ano da gestão do governo de Ronaldo Caiado (DEM). A expectativa da equipe de governo é recuperar as posições perdidas e se preparar para posicionar entre os primeiros.

A confiança em retomar a posição perdidas parte das reformas promovidas e do choque de gestão implementado no ano passado. Itens como Capital Humano, Segurança Pública, Eficiência da Máquina Pública, Infraestrutura, Inovação e Potencial de Mercado, devem alcançar melhores notas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.