Ramagem, Saadi e Valeixo prestam depoimentos à Polícia Federal nesta segunda-feira, 11

Intenção por trás do interrogatório é entender se houve tentativa de interferência, por parte do presidente da República Jair Bolsonaro, na PF

Foto: PF/Divulgação

A Polícia Federal (PF) irá colher os depoimentos do diretor-geral da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), Alexandre Ramagem, e também do ex-superintendente da Polícia Federal no Rio de Janeiro, Ricardo Saadi, nesta segunda-feira, 11, em Brasília.

A intenção por trás do interrogatório é dar continuidade ao inquérito que investiga suposta tentativa de interferência, por parte do presidente da República Jair Bolsonaro, na PF.

Também está previsto que o ex-diretor geral da Polícia Federal, Maurício Valeixo, preste depoimento nesta segunda. Porém, diferente dos outros, Valeixo comparecerá à superintendência da PF em Curitiba, às 10h, para falar sobre o assunto.

Vale lembrar Ramagem e Saadi foram citados durante depoimento — de mais de oito horas — prestado pelo ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, no início desse mês.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.