“Não vou esperar o barco começar a afundar para tirar água”, diz Bolsonaro sobre interferências em ministérios

Vídeo de reunião citada por Moro, mostra Bolsonaro cobrando empenho de ministros na defesa do governo

Presidente Bolsonaro em vídeo de reunião ministerial do dia 22 de abril | Foto: Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro aparece fazendo cobranças a ministros em vídeo da reunião ministerial ocorrida no dia 22 de abril. Ele disse que os ministros que não estiverem alinhados à seus valores, e citou “família”, “armamentos”, “livre-mercado” estaria fora do governo.

A reunião mostra o presidente fazendo críticas a ministros, mas não há nada direcionado exclusivamente ao ex-juiz, que alegou que o presidente tentou interferir na Polícia Federal. A gravação foi apontada por Moro como prova na investigação.

“Quem não aceitar as minhas maneiras está no governo errado”, disse. “Eu não vou esperar o barco começar a afundar para tirar água. Estou tirando água, e vou continuar tirando água de todos os ministérios no tocante a isso. A pessoa tem que entender. Se não quer entender, paciência, pô! E eu tenho o poder e vou interferir em todos os ministérios, sem exceção. Nos bancos eu falo com o Paulo Guedes, se tiver que interferir. Nunca tive problema com ele, zero problema com Paulo Guedes. Agora os demais, vou!”

Troca

No trecho mais sensível, que foi considerado por Celso de Mello para a liberação do vídeo, Bolsonaro fala que já tentou fazer trocas na PF do Rio de Janeiro, mas não teria conseguido. “Isso acabou”, disse.

“Eu não vou esperar foder a minha família toda, de sacanagem, ou amigos meu, porque eu não posso trocar alguém da segurança na ponta da linha que pertence a estrutura nossa. Vai trocar! Se não puder trocar, troca o chefe dele! Não pode trocar o chefe dele? Troca o ministro! E ponto final! Não estamos aqui pra brincadeira”, falou o presidente.

Armamento

“Eu quero todo mundo armado”, disse o presidente Jair Bolsonaro durante reunião ministerial do dia 22 de abril. “Povo armado jamais será escravizado. E que cada um faça, exerça o teu papel. Se exponha. Aqui eu já falei: perde o ministério quem for elogiado pela folha ou pelo globo! Pelo antagonista! Né? Então tem certos blogs aí que só tem notícia boa de ministro. Eu não sei como! O presidente leva porrada, mas o ministro é elogiado”, reclama.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.