“Quem da base votar contra o Governo, é oposição”, diz Álvaro Guimarães sobre mudanças nos recursos da UEG

Parlamentar considera matéria um “cobertor curto”, mas diz que intuito do governador é fazer diferente para cumprir legislação

Foto: Divulgação

O deputado estadual Álvaro Guimarães (DEM) declarou, na manhã desta sexta-feira, 23, que votará com o Governo assim que a proposta de integrar os repasses destinados à UEG aos 25% da Educação for levada ao plenário. O democrata considerou a medida um “cobertor curto”, mas disse que a intenção do governo é apenas fazer diferente da gestão anterior que, segundo ele, descumpriu a legislação.

“O que o governador teme é que o Estado fique na mesma condição que ficou no passado quando os governantes tinham que repassar os 25% e não o fizeram. Agora, o TCE nos cobra um repasse de R$ 1 bilhão e o governo busca uma maneira de resolver a situação sem descumprir a lei”, argumentou o deputado.

Posteriormente, Guimarães falou também sobre sua fidelidade e compromisso com o governo Caiado: “Acredito nesse governo e na boa vontade do governador. Sou fiel e entendo sua dificuldade”. Após declarar que votará com o Governo, disparou: “A maioria dos deputados da base também tem essa fidelidade. Quem da base votar contra o governo, é oposição”.

Ainda não se sabe quando a matéria será discutida em plenário. Nos bastidores, o comentário é de que o projeto seja colocado em discussão ainda esse mês.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Robson Mendonça Pereira

O deputado da base governista apela para o casuismo sem levar em conta que os recursos para a educação vai ser reduzido com essa manobra de jogar a UEG nos 25%. A universidade passa por uma penúria financeira devido a redução de repasses e vai ficar pior se essa mudança for aprovada.