Quem assume se Eduardo Cunha for afastado?

Presidente da Câmara foi denunciado no Conselho de Ética e pode ter o mandato cassado. Próximo na linha de sucessão não pode assumir

waldir-maranhao-foto-reproducao-facebook

Vice de Cunha não pode assumir: é réu | Foto: reprodução / Facebook

Luane Caldas

O Conselho de Ética da Câmara deu entrada no pedido de cassação do mandato de Cunha. O pedido, feito com bases nas denúncias de que Cunha abriu contas na Suíça com dinheiro proveniente do esquema de corrupção da Petrobras, mantém suspensa a decisão de impeachment e faz a presidente Dilma Rousseff ganhar tempo.

Madiante as acusações, se Cunha for afastado da presidência da Câmara, quem assume o posto é o vice do PP, Waldir Maranhão, do Maranhão.

Entretanto, para assumir o posto é imprescindível que o próximo na linha sucessória não seja réu em processo criminar. O que não é o caso de Waldir, que já foi citado pelo doleiro Albert Youssef como receptor de propina no esquema de corrupção da Petrobras.

Maranhão deverá, portanto, convocar novas eleições mediante o possível afastamento de Cunha da Câmara.

Blasé

Acusado de mentiroso no plenário por deputados do PT, PSOL e Rede, Cunha ignorou as declarações e alegou que não sai da presidência da Câmara.

“Acho que vão ter que me aturar um pouquinho mais”, disse Eduardo Cunha em entrevista à Rede Globo na última terça-feira (13/10).

Cunha já avisou: só sai se for cassado | Foto: Fábio Pozzebom / ABr

Cunha já avisou: só sai se for cassado | Foto: Fábio Pozzebom / ABr

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.