Quatro são presos em flagrante em operação contra pornografia infantil na internet

Investigação da Polícia Federal cumpriu mandados em Goiânia, Aparecida de Goiânia e Senador Canedo

Quatro pessoas foram presas em flagrante na manhã desta quarta-feira (8/2) por posse e compartilhamento de pornografia infantil em Goiás. As prisões foram efetuadas no âmbito da Operação Prevenir, da Polícia Federal, deflagrada nesta quarta.

Após quatro meses de investigação, foram expedidos seis mandados de busca e apreensão cumpridos nos municípios de Goiânia, Aparecida de Goiânia e Senador Canedo, em Goiás e, durante as diligências, as prisões foram efetuadas.

A pena por compartilhamento de material pornográfico infantil pode chegar a seis anos de reclusão e a pena por posse, a quatro anos de reclusão.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.