Quarto suspeito de assalto a joalheria de shopping em Aparecida de Goiânia é preso

Outros três acusados morreram após troca de tiros com Rotam e Graer em matagal na Serra das Areias

Foto: Reprodução

O delegado Carlos Levergger, do 5º DP de Aparecida de Goiânia, informa que foi cumprido, na manhã desta sexta-feira, 22, mandado de prisão preventiva em desfavor de Paulo Sérgio Neres China, de 23 anos, quarto suspeito de envolvimento no assalto a uma joalheria no Buriti Shopping, ocorrido no domingo, 17.

Outros três homens morreram em confronto com policias militares da Ronda Ostensiva Tática Metropolitana (Rotam) e do Grupo de Radiopatrulha Aérea (Graer), na tarde de segunda-feira, 18, na Serra das Areias, em Aparecida.

No confronto, um suspeito morreu na hora e dois chegaram a ser levados para o Hospital de Urgência de Goiânia (Hugo), mas também não resistiram. O quarto homem fugiu pela mata e, após buscas, foi preso preventivamente hoje.

Com os três suspeitos que vieram a óbito foram encontradas armas e algumas poucas pérolas que supostamente seriam da joalheria.

A apresentação do preso será realizada às 11h, no prédio da 2ª Delegacia Regional de Aparecida de Goiânia.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.