Quadrilha que atuava no Camelódromo de Campinas gerou prejuízo de quase R$ 200 mil

Polícia chegou a organização criminosa depois da denúncia de um lojista, que desconfiou da ação

A Polícia Militar (PM-GO), por meio da Rotam, desarticulou uma quadrilha especializada em clonagem de cartões de crédito. Os suspeitos atuavam nos camelódromos de Campinas. A polícia estima que o grupo tenha gerado um prejuízo de quase R$ 200 mil aos lojistas.

Segundo a PM, no sábado, 11, uma parte da associação criminosa foi a um camelódromo da cidade, onde comprou várias mercadorias com os cartões clonados. Na segunda-feira, 13, outra pessoa foi a mesma loja para comprar com um dos cartões que havia sido passado no sábado. Diante disso, o lojista suspeitou da ação criminosa e acionou a polícia. “Através da denúncia, rendemos este suspeito e por meio dele conseguimos chegar aos demais, onde recuperamos alguns objetos”, informou a polícia.

Além da prisão dos quatro suspeitos, entre eles uma mulher, a equipe recuperou máquina de cartões de crédito; cartões clonados; um vídeo game; um celular iPhone e também aparelhos de som automotivo. A polícia vai investigar se, além desses, existem outros criminosos da organização criminosa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.