Quadrilha com atuação na Rua 44 usava moradores de rua para vender notas fiscais

Estimativa inicial é que o esquema tenha permitido sonegação, só em ICMS, de cerca de R$ 1 milhão

Foto: Reprodução

A Polícia Civil e a Secretaria da Fazenda deflagraram nesta quarta-feira (22/8), em Goiânia, uma operação de combate à sonegação no setor de confecções na região da Rua 44.

Organização criminosa falsificava documentos e utilizava moradores de ruas para abrir empresas falsas com a finalidade de emitir notas fiscais que são utilizadas pelos comerciantes da região.

Com isso, os suspeitos trabalhavam na clandestinidade e sem o pagamento do ICMS, gerando uma concorrência desleal.

Durante a manhã, foram cumpridos mandados de busca e apreensão em dois estabelecimentos e de prisão de oito pessoas. A estimativa inicial é que o esquema tenha sonegado, só em ICMS, cerca de R$ 1 milhão.

A operação continuará com a finalidade de apurar os comerciantes que se utilizaram da fraude. Os trabalhos estão sendo coordenados por Fernando Bittencourt e pela delegada Ana Cláudia Stoffel, titular Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra a Ordem Tributária (DOT).

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.