PUC é condenada a indenizar estudante que teve veículo arrombado no estacionamento da universidade

De acordo com juíza, instituição responde pela reparação de dano ou furto ocorrido em seu estabelecimento

PUC Goiás | Foto: Reprodução

A Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC Goiás) foi condenada a indenizar uma estudante que teve o carro violado no estacionamento da universidade. A instituição deverá pagar mais de R$ 6 mil por danos morais e materiais. A magistrada Roberta Nasser Leone, do 5º Juizado Especial Cível de Goiânia, entendeu que o estabelecimento responde, independente de culpa, pela reparação de dano ou furto ocorrido em seus domínios.

Na defesa, a PUC alegou a ausência de boletim de ocorrência e de comprovação do pagamento dos prejuízos, bem como a possibilidade do crime ter acontecido em outro local. A instituição também contestou os pedidos de indenização por danos materiais e morais, sob argumento de estarem ausentes os pressupostos da reparação civil.

A decisão afirmou que a falha é na prestação de serviço da PUC e que a situação caracteriza dano moral indenizável. “A falta de informações precisas do que está sendo cobrado evidencia a falha na prestação, uma vez que a estudante tentou resolver a questão com a instituição, porém, não obteve êxito” ressaltou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.