Publicação de Weintraub comparando Lula e Dilma à cocaína tem repercussão negativa para ministro

Políticos e famosos repudiaram o tweet de ministro que associa nome de ex-presidentes ao termo “drogas”

Foto: reprodução

O ministro da Educação Abraham Weintraub decidiu se pronunciar nesta quinta-feira, 27, sobre o caso dos 39 kg de cocaína encontrados no avião presidencial que seguia para uma reunião do G-20.

Na publicação feita no Twitter o ministro afirmou: “No passado o avião presidencial já transportou drogas em maior quantidade”. Em seguida Abraham questionou: “Alguém sabe o peso do Lula ou da Dilma?”.

A publicação encarada por parte dos seguidores do ministro como brincadeira, gerou uma onda de críticas entre políticos e famosos. No programa global Encontro com Fátima Bernardes, a apresentadora comentava sobre os assuntos mais citados das redes quando expôs o tweet do ministro e criticou.

“Quando vi que o ministro da Educação estava repercutindo, tive ilusão de que ele estivesse falando sobre alguma política educacional, mas ainda não foi dessa vez”, disparou a apresentadora.

Outras personalidades como o criador de conteúdo sobre ciência no Youtube, Felipe Castanhari, comentou na própria publicação.

Políticos de ambos os espectros criticaram a postura. João Amoedo (Novo) pediu a Abraham para que ele pedisse desculpas. Jandira Fegahali (PCdB) disse que o ministro é uma “vergonha”.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.