PTB estadual não vai apoiar Vitor Hugo ou Mendanha, diz Gabriela Rodart

Vereadora explicou que legenda ainda discute alinhamento, mas liberou parlamentares para apoio individual

Recém-filiada ao PTB, após saída conturbada do DC, a vereadora e pré-candidata à deputada federal Gabriela Rodart afirma que o partido ainda está definindo se irá caminhar ao lado do governador Ronaldo Caiado (UB), na disputa pelo governo de Goiás. Durante o momento de articulações de pré-campanha, segundo ela, o partido discute a possibilidade de alinhamento com a reeleição de Caiado, mas já sabe de que lado não estará em outubro. “[O PTB] Não vai com o Major Vitor Hugo (PL) e não vai com o Gustavo Mendanha (Patriota)”, afirmou.

Ainda de acordo com a vereadora, o partido ainda discute se apoia Caiado – ainda a ser definido em momento mais próximo das convenções de partido –, mas já liberou os pré-candidatos a cargos no legislativo para declararem apoio individual, conforme suas preferências. Apesar da liberdade, no entanto, o PTB tem uma exigência clara, que vem de orientação a nível federal. “O único apoio exigido é do PTB nacional, de apoio ao presidente Jair Bolsonaro (PL)”, explica. Em Goiás, Caiado, Mendanha e Vitor Hugo também apoiam a reeleição de Bolsonaro no Planalto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.