PT pede que Procuradoria investigue uso de aeroporto irregular por Aécio

Conforme o pedido do PT, Aécio usou dois aeroportos irregulares nos municípios de Cláudio e Montezuma, em Minas Gerais

Após denúncias de que o candidato do PSDB à Presidência da República, Aécio Neves, teria usado dois aeroportos irregulares em Minas Gerais, o Diretório Nacional do PT entrou, nesta sexta-feira (1º/8), com pedido para que a Procuradoria-Geral da República (PGR) investigue a conduta do senador mineiro.

Conforme o pedido do PT, Aécio usou dois aeroportos irregulares nos municípios de Cláudio e Montezuma, em Minas Gerais. O PT argumenta que, segundo reportagem do jornal Folha de S.Paulo, “os dois aeroportos foram construídos por Aécio, quando governou o estado, beneficiaram propriedades de seus parentes e são considerados irregulares pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).” O partido pede a abertura de inquérito criminal para apurar o ocorrido.

O uso de aeroporto irregular e não homologado constitui risco ao tráfego aéreo e pode constituir crime de atentado à segurança de transporte marítimo, fluvial, previsto no Artigo 261 do Código Penal Brasileiro.

No pedido encaminhado à Procuradoria da República, o PT afirma que Aécio tinha conhecimento da situação irregular dos dois aerportos e cita matérias jornalísticas em que o senador diz ter usados os aeroportos em algumas ocasiões.

Deixe um comentário