PT e PSOL se unem em boicote à posse de Bolsonaro

Ambos os partidos divulgaram decisão nas redes sociais

Foto: reprodução

Na manhã desta sexta-feira, 28, o Partido dos Trabalhadores (PT) publicou no Instagram uma nota anunciando que seus filiados não estarão presentes na posse do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL).

O perfil ptbrasil disse, que dessa forma, a sigla reafirma compromisso com o voto, mas denuncia falta de lisura da eleição. “[A eleição] foi distorcida pelo golpe, pela proibição da candidatura de Lula e disseminação de fake news”, escreveu na postagem.

No Twitter, o presidente do PSOL, Juliano Medeiros, também informou a ausência dos socialistas do evento. Na publicação ele justificou: “Como prestigiar alguém que despreza os direitos humanos, promete colocar o Brasil de joelhos diante dos EUA e destruir os direitos sociais? Não vamos à posse. Nossa resistência já começou”.

Em nota mais completa no site oficial do PT, a presidente Gleisi Hoffman assinou comunicado em que explica: “O resultado das urnas é fato consumado, mas não representa aval a um governo autoritário, antipopular e antipatriótico, marcado por abertas posições racistas e misóginas, declaradamente vinculado a um programa de retrocessos civilizatórios”.

A posse de Bolsonaro é realizada nesta terça-feira, 1º, em Brasília, como é de praxe. O presidente eleito vem demonstrando receio de ameaças terroristas durante o evento e sua equipe prepara segurança redobrada para o dia.

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

JOAO SOARES NUNES

ESSE TAL DE PT COMUNISTA DEVE SER LINCHADO DO BRASIL, PARA QUE POSSAMOS VIVER MAIS ALIVIDON DESTA PRAGA, CORRUPTOS, LADRÕES, COMUNISTAS, ISSO É UMA DESGRAÇA PARA O BRASIL