PSTU convoca ato nacional contra Donald Trump

Dia escolhido foi 20 de janeiro, data da posse do presidente eleito dos Estados Unidos e de vários protestos organizados por grupos norte-americanos

Convocação foi feita em nome da classe trabalhadora | Foto: Divulgação

O Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado (PSTU) convocou, nesta quarta-feira (18/1), um ato nacional contra o presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump. Com um post no Facebook, a legenda chama “todos às ruas em todo o mundo no dia 20 de janeiro”.

“É necessário organizar protestos em todo o mundo contra o imperialismo estadunidense e para apoiar os trabalhadores, a juventude, a comunidade imigrante, negra e muçulmana para que saiam a lutar não só nos EUA como em todo o mundo”, afirma o partido. Segundo o PSTU, a intenção é mostrar que a luta da classe trabalhadora é internacional.

No texto disponível no site do partido, é ressaltado que Trump encontra resistência de vários grupos nos Estados Unidos e que os dois partidos tradicionais do país — Democrata e Republicano — perderam boa parte do apoio popular. Além disso, protestos contra o presidente eleito vêm sendo convocados e realizados em vários locais.

O dia da posse de Trump, 20 de janeiro, é uma das datas para a qual estão programados atos de protesto em várias cidades norte-americanas e foi a data escolhida pelo PSTU para o ato brasileiro. “Vamos começar, lutando contra Trump, a construir uma alternativa de direção independente do Partido Democrata para o movimento dos trabalhadores”, defendeu o PSTU.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

João Pedro Leonhardt

kkkkkkkkkkkkkkkkkk