PSDB deve prosseguir negociações com MDB para escolha de presidenciável único

Executiva nacional da sigla pretende discutir o tema em uma reunião nesta terça-feira, 17. Aliados de João Doria querem que a escolha do candidato único seja adiada

João Doria, ex-governador de São Paulo e membro do PSDB tem pressionado a cúpula nacional para encerrar as negociações com o MDB, que tem como pré-candidata à República, Simone Tebet, para a formação de uma candidatura única ao Palácio do Planalto. A ideia entre as siglas é canalizar os votos da chamada “terceira-via”.

Neste final de semana, o presidente nacional tucano, Bruno Araújo, marcou reunião para terça-feira, 17. O objetivo é discutir o pedido feito por Doria para que sua candidatura seja mantida. Já os membros do partido, em caráter reservado, afirmou à CNN que as negociações com o MDB devam ser mantidas.

O principal argumento é de que o próprio Doria havia defendido que houvesse um diálogo com os partidos de centro para uma candidatura única e que agora não faz sentido abrir mão das negociações já avançadas com o MDB. Diante do cenário, aliados do tucano tentam defender um meio-termo com o adiamento da escolha do nome único. A data definida por PSDB, MDB e Republicanos é a próxima quarta-feira, 18. A ideia é que, nesse dia, fosse divulgado resultado da pesquisa, que contempla tanto uma abordagem quantitativa como qualitativa dos nomes de João Doria e Simone Tebet, do MDB.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.