PSB tende apoiar Aécio Neves no segundo turno

Irmão de Eduardo Campos, Antônio Campos publicou em uma rede social que vai apoiar o tucano. O possível apoio do partido deve ser oficializado nesta terça-feira (7)

Este slideshow necessita de JavaScript.

O PSB em Pernambuco, inclusive a família do ex-governador Eduardo Campos, tende a declarar apoio ao candidato à presidência da República, Aécio Neves (PSDB). Nessa segunda-feira, o irmão de Eduardo Campos, Antônio Campos, publicou em seu perfil do Facebook nota em apoio ao tucano na disputa de segundo turno.

“O meu voto no 2º turno é em Aécio Neves. Acho salutar uma mudança, nesse momento, para o Brasil”, diz Antônio Campos, destacando em seguida que a declaração é apenas em seu nome, mas interlocutores da viúva de Eduardo, Renata Campos, afirmam ser provável que ela também dê seu apoio ao tucano.

No entanto, o encontro da Executiva Nacional do PSB que irá oficializar o possível apoio do partido será nesta terça-feira (7), em Brasília. A definição do PSB deve pesar na decisão da legenda nacional, já que a presença de Renata Campos é apresentada como um forte instrumento político do partido.

Desde a noite de domingo (5), quando o resultado das urnas apontou que Marina Silva (PSB-Rede) havia sido derrotada na disputa presidencial, o governador eleito em Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), iniciou consultas às lideranças do partido. A tendência majoritária é de estar junto ao tucano.

A exemplo do que acusou Marina Silva, o PSB critica o PT por promover “jogo baixo” nas disputas eleitorais, com divulgação de mentiras e destacam que Lula, que mantinha relação pessoal com Eduardo Campos, esteve duas vezes no estado para fazer campanha para o rival de Câmara na eleição estadual, o senador Armando Monteiro (PTB).

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.