Segundo a Polícia Militar, durante o protesto, cerca de 15 pessoas pararam um ônibus, mandaram os passageiros saírem e incendiaram o veículo

As mortes de dois adolescentes em um morro de Niterói, no Grande Rio, resultaram na manifestação de moradores da comunidade do Cavalão, na noite da última quarta-feira (1º/10). Segundo a Polícia Militar, durante o protesto, cerca de 15 pessoas pararam um ônibus, mandaram os passageiros saírem e incendiaram o veículo.

O trânsito teve que ser interditado nas ruas Joaquim Távora e Lemos Cunha, devido ao protesto. Na mesma noite, um grupo de assaltantes fez um arrastão nas ruas da cidade. Por causa das duas ocorrências, a Polícia Militar reforçou o patrulhamento da região e o Morro do Cavalão foi ocupado por homens do Grupamento de Ações Táticas.