Promotoria de Enfrentamento à Violência Doméstica passa a acompanhar caso Neymar

Promotoras designadas acompanham depoimentos desde a última semana

Foto: reprodução

Uma portaria publicada pelo Ministério Público designou três promotoras para acompanhar o andamento das investigações do caso Neymar, que é acusado de estupro pela modelo Najila Trindade.

Foram designadas para o caso as promotoras Estefânia Ferrazzini Paulin, Flávia Cristina Merlini e Katia Peixoto. As promotoras fazem parte da Promotoria de Enfrentamento à Violência Doméstica e estão acompanhando os depoimentos desde o último sábado.

Neymar é acusado de estupro e agressão por Najila após os dois se encontrarem em Paris, na França, em maio deste ano. A expectativa é que o jogador do PSG compareça à delegacia no fim desta semana para prestar depoimento.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.