Promotor goiano tem audiência no STF para falar de ameaças

Fernando Krebs também registrou um boletim de ocorrência em razão da intimidação vista nas redes sociais relacionados ao caso da exoneração dos soldados reservistas

twitter

Foto: divulgação/Twitter

O promotor de Justiça Fernando Krebs registrou na tarde desta segunda-feira (25/5) um boletim de ocorrência no 8º Distrito Policial (DP) em razão de ameaças que vêm sofrendo por redes sociais diante do caso envolvendo o Serviço de Interesse Militar Voluntário Especial (Simve) em Goiás.

Krebs conversou rapidamente com o Jornal Opção Online nesta segunda-feira, e disse que estava a caminho de Brasília. O promotor tem uma audiência marcada com presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, para tratar do assunto. “Seguro morreu de velho. Devemos privar sempre pela prevenção”, disse.

No último sábado (23), o promotor divulgou na página de seu perfil no Twitter uma imagem com uma mensagem enviada via aplicativo “Whatsapp”, motivo das denúncias de ameaça. “Hoje eu queria das um tiro de 12 na cabeça do crebs só pra ver se ela tá funcionando blz”  [sic]. A declaração veio de um soldado do Simve, em um grupo do aplicativo de mensagens instantâneas.

O promotor disse desconhecer o autor das ameaças. “Nunca vi na vida.” Pelo Twitter, Krebs afirmou: “Não vão nos calar, nem nos intimidar! O MP não é lugar para cobardes!” [sic].

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.